13 Janeiro

Fundo em apoio a projetos contra desinformação sobre vacinas

 

A incerteza sobre o desenvolvimento da pandemia do coronavírus continua a gerar informações incorretas relacionadas à doença. Os verificadores de fatos têm trabalhado arduamente contestando desinformação na internet, o que resultou em quase 10.000 fatos checados sobre a pandemia sendo exibidos atualmente em nossas plataformas.

O lançamento global das vacinas contra a COVID-19 está exacerbando um problema perene de desinformação sobre a imunização. Para apoiar ainda mais os esforços de checagem e verificação de fatos, a Google News Initiative está lançando um Fundo Aberto Contra a Desinformação de Vacinas COVID-19 de US$ 3 milhões.

Embora a infodemia de COVID-19 seja um fenômeno global, a desinformação também foi transformada em arma para atingir populações específicas. Algumas das pesquisas disponíveis sugerem que as pessoas que acessam conteúdo desinformativo e aquelas que buscam fatos checados não necessariamente se sobrepõem.

Por isso, o fundo está recebendo inscrições de projetos que visam ampliar o público de fatos checados, especialmente para aqueles que podem ser desproporcionalmente afetados por desinformação.

O fundo é global e aberto a veículos jornalísticos de todos os tamanhos que tenham um histórico comprovado de verificação e checagem de fatos, ou que tenham parceria com organizações com esse reconhecimento.

Vamos priorizar projetos colaborativos com uma equipe interdisciplinar e formas claras de medição de êxito. Por exemplo, inscrições qualificadas podem incluir uma parceria entre um projeto de verificação de fatos reconhecido e um veículo de comunicação voltado a uma comunidade específica, ou uma plataforma de tecnologia colaborativa para jornalistas e médicos apresentarem, em conjunto, informações falsas e suas respectivas checagens.

Uma equipe global de Googlers fará a análise das inscrições. O júri que escolherá os beneficiados pelo fundo é composto por:

  • Theresa Amobi, conferencista sênior, Universidade de Lagos
  • Ludovic Blecher, head de Inovação, Google News Initiative
  • Renee DiResta, gerente de pesquisa técnica, Stanford Internet Observer
  • Susannah Eliott, CEO, Australian Science Media Center
  • Gagandeep Kang, chefe do Laboratório de Pesquisa Wellcome Trust, Christian Medical College
  • Alexios Mantzarlis, líder de Credibilidade de Notícias e Informação no Google News Lab
  • Syed Nazakat, fundador e CEO, Data Leads
  • Ifeoma Ozoma, fundador e diretor da Earthseed
  • Baybars Örsek, diretor, International Fact-Checking Network
  • Andy Pattison, gerente de soluções digitais, Organização Mundial da Saúde
  • Angela Pimenta, diretora de Operações, Projor
  • Amy Pisani, diretora-executiva, Vaccinate Your Family
  • Yamil Velez, professor associado de Ciência Política, Universidade de Columbia
  • Brian Yau, líder de promoção e engajamento, Vaccine Safety Net da OMS

O Fundo Aberto é mais uma etapa do apoio que a GNI vem oferecendo no combate à desinformação sobre a pandemia entre abril e dezembro do ano passado. Esperamos que os projetos selecionados se beneficiem da pesquisa que a GNI está apoiando sobre os formatos, títulos e fontes de informação mais eficazes para combater a desinformação sobre vacinas para COVID-19.

Assim continuaremos a disponibilizar informações confiáveis e de qualidade sobre vacinas em nossos produtos. Seguiremos expandindo o número de países com painéis de informações sobre vacinas autorizadas na Busca do Google e exibindo fatos checados em todas as plataformas do Google por meio do ClaimReview. Ampliamos os recursos pelos quais os usuários se deparam com checagens de fatos em 2020 — no tópico COVID-19 do Google Notícias nos EUA, no painel de checagem de fatos no Google Notícias no Brasil e no Google Imagens em todo o mundo.

Visite o site do Fundo Aberto para ler mais sobre os critérios de elegibilidade e descobrir como se inscrever.

 

Fonte: Saude Bunisses

 
Ler 15 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

Parceiros

 

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177
(Administrativo/Financeiro)

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.