10 Fevereiro

Pesquisadores da UTI e Instituto de Pesquisa do HCor alertam sobre risco da utilização de soros com hidroxietilamido, em publicação internacional

Médicos da UTI e Instituto de Pesquisa do HCor foram convidados a escrever o editorial comentado de uma das mais importantes publicações científicas do mundo, o JAMA

O prestígio e credibilidade da UTI e do Instituto de Pesquisa HCor cada vez mais se consolidam junto à comunidade científica internacional. Prova disso é o recente convite feito pelo JAMA (Journal of the American Medical Association), um dos principais periódicos científicos do mundo, aos Drs. Alexandre Biasi Cavalcanti e Fernando Zampieri, para escreverem um editorial comentado na edição de janeiro utilizando como base o estudo FLASH, publicado na mesma edição.

“Pesquisas são meios utilizados para promover o avanço do conhecimento. Este convite é um reconhecimento ao nosso trabalho e reforça a excelência e comprometimento do IP HCor na coordenação de estudos e pesquisas mundiais, celebra o Dr. Alexandre Biasi Cavalcanti, médico da UTI e Diretor do IP HCor.

Estudo FLASH

Utilizado como base para a produção do editorial, o estudo FLASH, foi publicado na edição de janeiro do JAMA e mostrou que pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos necessitam de uso de soro durante a cirurgia e logo após o procedimento. Dentre os vários tipos de soro disponíveis, um deles (hidroxietil amido, um tipo de coloide) era frequentemente utilizado na prática atual. O resultado sugere que o uso deste tipo de soro pode ser deletério aos pacientes, aumentando o risco de problemas renais e provavelmente óbito após a cirurgia. Mas os pesquisadores ressaltam que é necessário aprofundar ainda mais o estudo.

“Em nosso comentário, contextualizamos os resultados e, indicamos que diversos artigos já produzidos sobre o assunto, apontam para efeito colaterais principalmente na função renal e aumento do risco de óbito. Ao contrário do estudo, que sugere novas investigações, reforçamos a importância da não utilização deste soro”, acrescenta Dr. Cavalcanti.

Essa não é a primeira vez que o JAMA convida profissionais doa UTI e do Instituto de Pesquisa HCor para produzir editoriais comentados. No ano passado foram dois editoriais, além do histórico de diversas publicações de artigos mundiais coordenados pelo HCor ao longo de vários anos.

 

Fonte: Anahp

Ler 23 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

Parceiros

 

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.