15 Maio

Santa Casa deve ser reaberta dia 13 de junho com foco em alta complexidade

Fechada desde março por conta de problemas financeiros, a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá tem previsão de ser reaberta no próximo dia 13 de junho. A informação foi passada pelo secretário de Estado de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo, na manhã desta terça-feira (14), durante inauguração de uma UPA, em evento de comemoração do aniversário de Várzea Grande. No início deste mês a gestão da unidade foi assumida pelo Governo do Estado. Um plano estratégico de funcionamento da unidade deve ser apresentado quando estiver totalmente finalizado.

De acordo com titular da Pasta, uma equipe de profissionais está fazendo um levantamento para contratação de todos os serviços especializados, aquisições de medicamentos e materiais necessários para que a reabertura seja feita em breve. O secretário também explicou sobre os serviços que serão disponibilizados e que o foco será os atendimentos de alta complexidade.

“Na verdade a Santa Casa não vai produzir menos do que produzia. Parte da Santa Casa era utilizada para atendimento privado. Todos os leitos da Santa Casa serão disponibilizados para atender ao SUS, com mais prioridade para alta complexidade. Ainda faremos algo de baixa complexidade, mas isso não vai ser o principal. Algumas cirurgias que se faziam na Santa Casa serão feitas em todas as unidades de saúde”, afirmou.

Entre as medidas já anunciadas pelo secretário, para que o local seja reaberto, está o corte estimado de 40% dos funcionários. Em recente entrevista, o governador Mauro Mendes (DEM) pontuou que dará prioridade à contratação de funcionários que já atuam no local para reabrir a unidade de saúde. “Iremos abrir a possibilidade de a maioria desses profissionais rescindirem com a Santa Casa e passarem a trabalhar para o Governo, recebendo da folha de pagamento do Estado”.

Também foi definido que o ex-secretário de Planejamento da Assembleia Legislativa, Abílio Camilo Fernandes, será o novo diretor-geral da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, que está sob o comando do governo desde o fim da semana passada.

“É um profissional com ampla experiência na área do planejamento estratégico, estava disponível, fazendo um diagnóstico da Santa Casa, inclusive, já realizou um plano de ação”, afirmou Gilberto Figueiredo.

Gestão

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou, no dia 02 de maio, que o Estado irá gerir a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, que está fechada desde março deste ano, por conta de problemas financeiros. Este deve ser o último passo para que sejam destravados os R$ 7 milhões aportados pela prefeitura e a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que serão utilizados para pagamento de salários atrasados.

Para 'salvar' a Santa Casa, o governo fará a requisição administrativa de bens e serviços, que é uma espécie de intervenção na unidade de saúde. A medida é tomada nos casos em que há ameaça ou solução de continuidade dos serviços de saúde. Como é uma entidade privada, a empresa receberá uma indenização por parte do Executivo.

 

Em razão da requisição administrativa da unidade hospitalar, o Estado assume todo o controle do estabelecimento e de seus equipamentos de forma emergencial e temporária, com o objetivo de assegurar o atendimento de média e alta complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde.

A Santa Casa está fechada desde o dia 11 de março por falta de pagamentos a fornecedores e funcionários, que estão com cerca de sete meses de salários atrasados.

A Assembleia Legislativa, assim como a prefeitura de Cuiabá já manifestaram o desejo de repassar R$ 3,5 milhões cada, para a instituição pode quitar parte dos salários atrasados, mas a ação não foi permitida, por conta da falta do plano de viabilidade.

 

Fonte: Olhar Direto

Ler 22 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

Parceiros

 

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.