30 Abril

Cirurgiões pediatras deixam de atender no Hospital Regional de Rondonópolis

Contrato venceu e médicos cobram salário e reajuste. A saída dos médicos foi oficializada em um documento emitido na quinta-feira.

A equipe de cirurgiões pediatras do Hospital Regional de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, não está mais atendendo. O contrato dos profissionais venceu e, além disso, eles estão sem receber o salário de agosto, mas os outros meses seguintes eles receberam. A reportagem é de Maycon Araújo, da TVCA e do site G1.

Os médicos cobram ainda um reajuste salarial que não é feito há 11 anos. A saída dos médicos foi oficializada em um documento emitido na última quinta-feira (25).

O diretor técnico do hospital, Bruno Conte dos Santos, comunica, no ofício, a coordenadora da Central de Regulação em Rondonópolis que a partir do dia 26 a equipe de cirurgiões não irá mais atender, ou seja, desde sábado passado as cirurgias em crianças não estão mais sendo feitas.

Com isso, as crianças que estão internadas no aguardo de cirurgia devem ser transferidas para outras unidades do estado.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde, mas ainda não receber resposta.

No início deste ano, o governo do estado reassumiu a gestão do Hospital Regional de Rondonópolis, que era gerido por OSS.

No último fim de semana, o deputado estadual Lúdio Cabral (PT), que faz parte da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), visitou a unidade após receber diversas denúncias. Segundo ele, faltam gases, seringas, entre outros itens básicos.

 

Fonte: Gazeta MT 

Ler 53 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

Parceiros

 

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.