13 Março

Brasileiros formados no exterior iniciam fase de acolhimento do Programa Mais Médicos

Cerca de 1.400 médicos brasileiros formados no exterior iniciaram, nesta segunda-feira (11), em Brasília, o Módulo de Acolhimento do Programa Mais Médicos. A etapa do edital é realizada em modo presencial pelos Ministérios da Saúde e Educação.

“Desejamos boas-vindas a todos vocês. Esperamos que vocês entrem e participem do Mais Médicos com o sentimento de que, a partir de hoje, cada brasileiro que chegar até vocês não voltarão para casa da forma como eles vieram. Vocês são agentes de mudanças. Estamos construindo um novo Brasil e, para isso, precisamos contar com o apoio de vocês para que façam essa mudança junto com a gente. Cuidem bem de todas as pessoas que vocês vão encontrar ao longo dessa caminhada de três anos, sejam a diferença que o Brasil precisa”, ressaltou a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde (SGTES), Mayra Pinheiro.

O módulo de acolhimento será realizado até o dia 26 de março e contará com aulas sobre a legislação referente ao sistema de saúde brasileiro, o funcionamento e atribuições do SUS, Atenção Básica em saúde, protocolos clínicos de atendimento definidos pelo Ministério da Saúde, Língua Portuguesa e Código de Ética.

“É uma satisfação imensa participar da abertura desse módulo de acolhimento. Esperamos que vocês se sintam acolhidos por nós e que possam se apropriar de outros conhecimentos ou aprofundar conhecimentos já adquiridos para aplicar com grande maestria no atendimento à população”, destacou o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Mauro Rabelo.

Para prosseguir no programa, os brasileiros formados no exterior deverão participar de todas as etapas do módulo de acolhimento e avaliação, conforme determina a legislação. Se aprovados, estes profissionais serão encaminhados diretamente para o município de alocação, nos dias 28 e 29 de março, para iniciarem suas atividades.

Mais Médicos

Criado em 2013, o Programa Mais Médicos ampliou à assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 DSEIs, levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

 

Fonte: Plantão News

Ler 5 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

Parceiros

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.