06 Julho

Secretaria Saúde cria grupo de valorização a trabalhadores do SUS

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT) criou no dia 3 de julho o grupo de trabalho que fará a revisão do plano de carreira de aproximadamente 5 mil servidores da pasta. A decisão de realizar a revisão do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) da Saúde foi do secretário Luiz Soares, que instituiu por meio de Portaria 117/2018 a criação do grupo de trabalho e a criação de um espaço de negociação.

 

Segundo a Portaria, o grupo é composto de 16 membros, sendo a participação paritária, com oito representantes da gestão da SES/MT e oito representantes dos trabalhadores da saúde, incluindo os sindicalistas do Sisma (Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso). O grupo tem pela frente a missão de revisar e alterar a Lei Complementar 441/2011, informou Izabella Santanna, superintendente de Gestão de Pessoas da SES/MT e integrante do grupo técnico de revisão do PCCS e da coordenação dos trabalhos.

 

De acordo com diretrizes do Ministério da Saúde, o PCCS deve ser revisado a cada três anos, sendo que a última revisão foi realizada em 2011 quando o PCCS da saúde de Mato Grosso foi considerado um dos melhores do país e recebeu premiação do Inova SUS em 2012, pelo Ministério da Saúde. A premiação se deu principalmente pelos critérios de saúde do trabalhador do Sistema único de Saúde (SUS), criação de banco de horas, programa de valorização, o pagamento da carreira em forma de subsídio e a gestão do conhecimento interno.

 

De acordo com a superintendente de Gestão de Pessoas, na próxima semana o grupo técnico vai definir o cronograma inicial dos trabalhos de revisão e de diálogo com os servidores e com os representantes do SISMA/MT (Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso) e do Conselho Estadual de Saúde (CES/MT).

 

“O processo é uma negociação coletiva e que deve resultar em um consenso entre os interessados, por essa razão não terá um prazo pré-estabelecido para ser concluído”, explicou Izabella Santanna. Durante o processo, serão criados três grupos de trabalho que vão cuidar especificamente dos seguintes temas: conceituação do PCCS; aspecto financeiro e evolução salarial; e critério de remuneração e desenvolvimento dos trabalhadores na carreira.

 

O PCCS é um instrumento de valorização do servidor e a aprovação final é do gestor da pasta, considerando-se a manifestação de consenso dos profissionais. Os diálogos servirão para a propositura de práticas de progressão de carreira e de valorização dos servidores, e serve para redefinir o conceito de PCCS. Todos os trabalhos terão como referência as diretrizes e princípios do SUS, bem como as diretrizes dos protocolos da mesa nacional de negociação permanente do SUS.

 

Fonte: Folha Max

Ler 5 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Facebook

VII CONGRESSO BRASILEIRO FENAESS. Cuiabá - MT - 20 e 21 de Setembro de 2018

INSCRIÇÕES
Toggle Bar

Parceiros

Contato

Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso

Rua Barão de Melgaço, n° 2754

Edifício Work Tower - Sala 1301

Cuiabá - MT

Telefone: (65) 3623-0177

Email: diretoria@sindessmat.com.br

Sobre nós

O SINDESSMAT – Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso – conforme seu Estatuto, é constituído para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria dos estabelecimentos de serviços de saúde, dentro do estado de Mato Grosso.