Segunda, 26 Março 2018 09:43

Exercícios físicos reduzem quase 90% dos riscos da mulher ter demência

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Exercícios físicos reduzem quase 90% dos riscos da mulher ter demência

A lista de benefícios da prática de atividades físicas não para de crescer. Dessa vez, um novo estudo descobriu que mulheres com bom condicionamento físico têm 88% menos riscos de serem diagnosticadas com demência no futuro.

 

Realizada por cientistas da Universidade de Gothenburg, na Suécia, a pesquisa analisou 191 mulheres com cerca de 50 anos. As voluntárias fizeram testes em bicicletas ergométricas para que seus condicionamentos cardiovasculares fossem avaliados. Perguntas sobre a exaustão durante os testes também foram feitas.

 

Com base nos resultados, 40 mulheres foram avaliadas como extremamente condicionadas, 92 tinham o condicionamento moderado e 59 tinham baixos níveis de preparo físico.

 

Depois, essas voluntárias foram observadas por 44 anos. Os cientistas perceberam que, ao longo dos anos, somente 5% das mulheres que tinham alto condicionamento físico foram diagnosticadas com demência. No entanto, 25% das participantes que tinham preparo moderado desenvolveram a doença e 32% das que tinham baixos níveis de condicionamento foram diagnosticadas com a condição.

 

Em outras palavras, as mulheres que se exercitavam com frequência tiveram 88% menos risco de terem demência. Além disso, as voluntárias desse grupo que acabaram sendo diagnosticadas com a doença também desenvolveram a condição mais tarde do que suas companheiras que tinham um condicionamento moderado, as voluntárias em forma tiveram demência 11 anos mais tarde que as outras, para ser exato.

 

A demência é um termo que engloba diversas doenças neurodegenerativas que causam perda de memória e piora das funções cognitivas. Ela afeita cerca de 50 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a OMS (Organização Mundial da da Saúde). Alguns fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão e depressão, estão relacionados ao estilo de vida, o que quer dizer que algumas mudanças positivas poderiam diminuir o risco de desenvolvê-la.

 

De acordo com os cientistas, novos estudos deverão ser feitos para provarem o verdadeiro impacto da atividade física na prevenção da doença. Mas, com base em todos os benefícios já comprovados pela ciência, vale a pena se levantar.

Fonte: Repórter MT

Ler 33 vezes

Localização

Agenda

« Abril 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30